imobiliario,real estate,Nadal,investimento,Lisboa

A espanhola Mabel Capital, empresa onde o tenista Rafael Nadal investiu, comprou o quarteirão lisboeta da Pastelaria Suíça, junto à Praça do Rossio, por 62 milhões de euros.

O quarteirão onde está a Pastelaria Suíça em Lisboa foi vendido a uma empresa espanhola. São quatro edifícios com uma área total de 12 mil metros distribuídos por sete pisos. O negócio foi feito por 62 milhões de euros, segundo o Expresso (acesso pago) deste sábado. Ou seja, o preço por metro quadrado supera os cinco mil euros.

Imobiliárias ganham milhões com loucura no negócio das casas

O emblemático quarteirão está agora nas mãos da Mabel Capital, uma empresa espanhola onde o tenista Rafael Nadal é um dos investidores. Em Portugal, a empresa é representada pela JCKL Portugal – Investimentos Imobiliários, que agora é proprietária deste quarteirão. O negócio de 62 milhões de euros, se excluídas as áreas técnicas (condutas técnicas, exemplifica o semanário), coloca o preço por metro quadrado acima de seis mil euros, acima dos 3.500 euros habituais na zona.

O imóvel agora adquirido está em ruínas desde 2003 e terá de objeto de obras pelo novo proprietário, uma exigência que já tinha sido feita pela Câmara Municipal de Lisboa. “Os trabalhos, que visavam acautelar situações de segurança do prédio, estão praticamente concluídos, cabendo a sua conclusão, agora, ao novo proprietário“, afirma a Sociedade Hoteleira Seoane, a ex-proprietária do quarteirão, em declarações ao semanário.

A Seoane adquiriu o espaço em 2003, altura em que já estava com um “adiantado estado de degradação”. A ideia era transformar o quarteirão num hotel de cinco estrelas, mas não se sabe qual é o objetivo do novo proprietário. Uma notícia da semana passada do El Confidencial avançava que o uso seria hoteleiro e comercial.

Fonte: eco